Sitemap

Navegação rápida

Enquanto os nossos lábios se separavam
Ajoelhar-me
Entre suas pernas
Os meus olhos a olhar para cima.
Aos teus olhos azuis em pó
Um sorriso nos meus lábios
Não quebrar o contacto visual
Eu seguro o seu membro flácido
A suave sensação aveludada e quente
Começa a ganhar vida nas minhas mãos
Lamber os meus lábios com a minha língua
Eu beijo a ponta do teu monstro zarolho.
Uma lágrima a suplicar por outro beijo
A girar a minha língua à volta da sua cabeça
Com a ponta da minha língua
Eu lambo a tua fenda.
Provou suas essências
O salgado
Doce
Tangy
Gosto de você
Lingers na minha língua
Com fome de mais
Movendo minhas mãos
Atropelando juntos
Eu enrolo os meus lábios à volta da cabeça
A chupar como se tivesse sede por ti, querida.
Eu bombeio-o com a minha mão.
Dar uma massagem circular em movimento
Apertar aquele saco duplo
Ordenhar sua dureza palpitante
O meu polegar esfregou a sua cabeça roxa.
Eu abro a minha boca
Aguardando
Aguardar pacientemente
Para que expluda
Então eu pego todos os seus
Leite cremoso
Mina para engolir
Cada gota
Para mim
Para provar você
Todas as categorias: Poemas Eróticos